7 livros para entender o comportamento do consumidor

O Portal Psicologia Capixaba preparou uma pequena lista com os títulos mais fundamentais para quem pretende estudar tópicos relacionados com Economia Comportamental e Comportamento do Consumidor – uma das áreas mais interessantes na pesquisa em psicologia atualmente; e também uma das que mais cresce!

Esperamos que aproveitem!

1 – Rápido e devagar: duas formas de pensar – Daniel Kahneman

Em Rápido e devagar: duas formas de pensar, Daniel Kahneman nos leva a uma viagem pela mente humana e explica as duas formas de pensar: uma é rápida, intuitiva e emocional; a outra, mais lenta, deliberativa e lógica. Kahneman expõe as capacidades extraordinárias – e também os defeitos e vícios – do pensamento rápido e revela a influência das impressões intuitivas nas nossas decisões. Comportamentos tais como a aversão à perda, o excesso de confiança no momento de escolhas estratégicas, a dificuldade de prever o que vai nos fazer felizes no futuro e os desafios de identificar corretamente os riscos no trabalho e em casa só podem ser compreendidos se soubermos como as duas formas de pensar moldam nossos julgamentos.

As questões colocadas por Kahneman se revelam muitas vezes inquietantes: é verdade que o sucesso de um investidor é completamente aleatório e que sua habilidade no mercado financeiro é apenas uma ilusão? Por que o medo de perder é mais forte do que o prazer de ganhar? Kahneman revela quando podemos ou não confiar em nossa intuição. Oferece insights práticos e esclarecedores sobre como tomamos decisões nos negócios e na vida pessoal, e como podemos usar diferentes técnicas para nos proteger contra falhas mentais que muitas vezes nos colocam em apuros.

Para adquirir o livro, clique aqui


2 – Misbehaving: A Construção Da Economia Comportamental – Richard H. Thaler

Um dos pais-fundadores da economia comportamental, e vencedor do Nobel de Economia, Richard H. Thaler publica sua obra mais fundamental. Neste livro ele remonta a história dessa disciplina, dos seus primórdios nos anos 1970 até suas aplicações na atualidade. Com exemplos que vão das altas apostas do mercado financeiro até o que nos influencia no momento de escolha do jantar, o autor traça de forma leve e bem-humorada os principais conceitos dessa área de conhecimento, resultando em uma leitura essencial para todos aqueles que desejam se conectar com o futuro do pensamento econômico.

Aliando as mais recentes descobertas no campo da psicologia à compreensão prática de incentivos e comportamento de mercado, o livro nos ajuda a tomar decisões mais inteligentes nos âmbitos pessoal e financeiro. Misbehaving revela como o estudo da imprevisibilidade humana pode ser útil para nossas vidas, negócios e governos, transformando assim a forma como pensamos sobre nós mesmos e o mundo.

Para adquirir o livro, clique aqui


3 – A mais pura verdade sem desonestidade – Dan Ariely

Em seu novo e provocativo livro, Dan Ariely é imperativo: todos nós somos desonestos, A questão é que nosso comportamento tem duas grandes motivações: por um lado, queremos nos enxergar como pessoas honestas e honradas, por outro, tanto quanto possível, queremos atender aos nossos interesses. Através dos resultados de suas pesquisas e de suas experiências pessoais, Ariely analisa atitudes antiéticas nas esferas pessoal, profissional e política, e mostra como esse comportamento afeta a todos, mesmo quando acreditamos ser possuidores de altos padrões morais.

Ele nos encoraja a lançar um olhar mais honesto sobre nossas ações, mostrando que a desonestidade está em toda a parte e que esse é um comportamento muitas vezes irracional, porém inerente à condição humana, Além disso, identifica o que nos mantém honestos, apontando ainda o caminho para pequenas mudanças que podem ser feitas, para que sejamos, face a nossas limitações, mais éticos. Escrito com o humor e o charme que são as marcas registradas do autor, este livro nos leva a uma compreensão mais profunda sobre nossos princípios éticos e suas motivações.

Dan Ariely é autor best-seller dos livros Positivamente Irracional e Previsivelmente Irracional. O trabalho do autor é destaque em muitas publicações, incluindo The New York Times, The Wall Street Journal, The Washington Post, The Boston Globe e outras. Com histórias saborosas e experiências reveladoras, ele torna a exploração de nosso lado oculto irresistivelmente divertido.

Para adquirir o livro, clique aqui


4 – Escassez – Sendhil Mullainathan & Eldar Shafir

Como as pessoas e as organizações podem lidar com a falta de recurso e a crise? Quando as privações são prolongadas, a escassez toma conta da mente. Diversos estudos apontam que ter dívidas deixa as pessoas menos concentradas e dificulta a tomada de decisões importantes para a carreira. As capacidades cognitivas se abalam e com isso oportunidades podem passar despercebidas. Sendhil e Eldar apontam semelhanças entre os diversos tipos de escassez. Acreditam, por exemplo, que um orçamento apertado é comparável a outros fenômenos de escassez, como a falta de tempo provocada por uma agenda repleta de reuniões ou situações de fome. Quando pensamos sobre este tema, os problemas da vida moderna vêm à tona, e este livro nos mostra como as pessoas e as organizações ao redor do mundo podem lidar com a falta de recursos.

Sendhil Mullainathan é professor de Economia na Universidade Harvard e realiza pesquisas sobre economia comportamental e economia do desenvolvimento. É considerado um dos 100 maiores pensadores da atualidade. Eldar Shafir é professor de Psicologia na Universidade de Princeton e sua área de pesquisa inclui ciência cognitiva, tomadas de decisões e avaliações da economia comportamental.

Para adquirir o livro, clique aqui


5 – Predictably Irrational, Revised and Expanded Edition: The Hidden Forces That Shape Our Decisions – Dan Ariely

Infelizmente, o mercado editorial voltado para a economia comportamental ainda não está tão pujante no Brasil como nos países de primeiro mundo, onde esta disciplina tem se tornado cada vez mais o centro das atenções. Nossa última sugestão portanto, faz uso de um título ainda não traduzido: “Previsivelmente Irracional”, de Dan Ariely.

Neste livro, o autor refuta as suposições do senso comum de que nós nos comportamentos de maneira racional, 100% do tempo. Desde beber um café até perder peso, de comprar um carro a escolher um parceiro – nós estamos o tempo todo  superestimando, subestimando e.. procrastinando. No entanto, esses desvios não são nem aleatórios, nem sem sentido. São sistemáticos e previsíveis, fazendo de nós Previsivelmente Irracionais.

Para adquirir o livro, clique aqui


6 – Nudge: Improving Decisions about Health, Wealth, and Happiness – Richard Thaler & Cass R. Sunstein

Nudge é um livro a respeito de escolhas: como nós escolhemos e como podemos escolher de forma ainda melhor. Apoiado em décadas de pesquisa nos campos da ciência comportamental e economia, os autores Richard H Thaler e Cass R. Sunstein oferecem uma nova perspectiva quanto à prevenção dos vários erros que cometemos todos os dias – investimentos pessoais mal-feitos, consumo de comida pouco saudável, negligência quanto aos recursos naturais – e nos mostram como uma “arquitetura” da escolha bem trabalhada pode influenciar as pessoas a tomarem as melhores decisões. Na mesma linha de The tipping pointFreakonomics, Nudge é direto ao ponto, informativo e divertido – leitura obrigatória para todos os que se interessam pelo nosso bem-estar individual e coletivo.

Para adquirir o livro, clique aqui


7 – Freakonomics: A Rogue Economist Explores the Hidden Side of Everything – Steven D. Levitt & Stephen J. Dubner

O que é mais perigoso? uma arma ou uma piscina? O que professores primários e lutadores de sumô tem em comum? Por que traficantes de droga ainda vivem com as mães? Qual a real importância dos nossos pais? Como a legalização do aborto afeta a taxa de crimes violentos?

Essas não são perguntas que um economista costuma fazer. Mas Steven D Levitt não é um típico economista. Ele é um estudioso das charadas da vida cotidiana – de traições amorosas a competições esportivas até criação de filhos – e suas conclusão viram de ponta a cabeça à sabedoria popular e o senso comum.

As questões investigadas em Freakonomics geralmente começam com uma montanha de dados e uma simples pergunta. Algumas são questões de vida ou morte; outras, tem um tom mais humorístico. Daí o nome do livro, que faz uma brincadeira entre Freak – “aberração” e economics – “econômico”.

Os autores mostram que a economia é, em sua base, o estudo dos incentivos – como as pessoas conseguem o que querem ou precisam, especialmente quando outras pessoas querem ou precisam da mesma coisa. A variedade de assuntos é unificada é a crença de que o mundo moderno, a despeito do grande ideal de complexidade, não é impossível de ser decifrado e – se as perguntas certas forem feitas – é ainda mais intrigante do que nós pensamos a princípio.

Freakonomics estabelece uma premissa pouco ou nada convencional: se a moralidade representa como nós gostaríamos que o mundo funcionasse, então a economia representa como o mundo de fato funciona. É uma premissa que ao longo do livro é fartamente demonstrada. Tanto, que os leitores podem esperar uma total renovação da sua visão a repeito do mundo em que vivemos.

Para adquirir o livro, clique aqui

Siga-nos nas redes sociais!

Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On InstagramVisit Us On Linkedin

Newsletter